Um rufar de tambores, se faz favor…

… E junta-se um vestido vermelho à festa! Depois do Fred e do Gaspar bem enfarpeladitos com os seus novos papillons, parece-me a altura ideal para apresentar (finalmente!!!) o meu primeiro projecto escolar em tecido.

Já tinha partilhado aqui no blog aqueles pequenos detalhes que completam o charme da peça – podem recordar no post https://suzanices.wordpress.com/2012/04/17/pequenos-detalhes/ -, mas só agora vos mostro o produto final – e numa das fotos com o bónus, ou não!, de um vislumbre da minha pessoa de costas; mais uma vez: obrigada Margarida!

Já tinha muito respeito pelas modistas/costureiras que povoam o nosso planeta – e quiçá o Universo!!! -, mas agora encaro o seu trabalho de forma muito mais profunda. A maioria de nós não dá o devido valor a estas pessoas que tanto trabalham para fazer roupinhas por medida ou ajustar as roupas aos nossos corpinhos – alguns deles bem tortos por sinal; tanta curva e contra-curva deixaria os motoristas mais habilitados mal dispostos, isso vos garanto! -, que tanto batalham para andarmos agasalhados e protegidos de forma harmoniosa (nem sempre!!!) e/ou original.

Voltando ao vestido, confesso que me deu muito prazer fazê-lo (além de algumas, ligeiras, dores de cabeça, na busca inglória de perfeição!), e ainda mais terminá-lo. É uma peça para meia estação, que dá para vestir sozinha ou com camisola de gola alta e meias por baixo – a Gigi vesta-a singela, eu mais preparada para o frio, nas fotos que podem ver a seguir. Ahhh, acerca das fotos, resta dizer que a cor correcta é a da segundo foto; a Gigi (para não estar sempre a maldizer a minha máquina fotográfica!) tornou o tecido mais rosado do que é na realidade!

A Gigi veste o vestido sem 'nada' por baixo...

...eu vesti-o mais preparada para o frio.

Suponho que, daqui a algum tempo, olharei para o vestido e para estas fotos com uma perspectiva completamente diferente – “Xiiii, a minha alegria por ter feito um vestido tão simples que agora faço numas poucas de horas!” – mas sei que continuarei a olhar para a peça com carinho, afinal foi a primeira concebida e concretizada por mim, se bem que com a preciosa orientação da professora. Até lá, vou continuar a festejar mais uma meta alcançada. E já tenho o Fred e o Gaspar, ’empapillados’ à minha espera!…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: