Passajar vs cerzir

Hoje um pequeno post – tipo visita de médico! – acerca da diferença entre passajar e cerzir!

Estas duas técnicas causam alguma confusão – até há algum tempo atrás eu mesma confundia os dois termos e na minha ideia seriam uma e a mesma coisa… mas não são! -, embora, é certo e em última análise, o seu objectivo final seja idêntico: fechar um buraco numa peça têxtil ou consertar uma zona puída.

Passajar é unir as beiras do buraco ou da zona a disfarçar recorrendo a linhas de cor e textura semelhante ao tecido (ou contrastante, se o resultado final desejado for nesse sentido). O arranjo não fica necessariamente invisível, podendo até dar um certo charme ao vestuário. Não poucas vezes, tem sido moda as peças remendadas e/ou passajadas, dando um aspecto super casual (e às vezes mais do que isso…).

Cerzir é muito mais elaborado e delicado, pois esta união é feita através do mesmo fio do tecido, de forma a recriá-lo, com trama e teia no exacto posicionamento original. Uma zona cerzida deve ficar impecavelmente igual ao resto da peça! É preciso muita paciência e uma mão firme…

2 comentários (+add yours?)

  1. Olímpio Mendesde Matos
    Ago 04, 2012 @ 16:33:12

    Correctíssimo. Abraço .

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: