Prazeres secretos da Serra e do Mar

Este Verão, redescobri o verdadeiro prazer de ir à praia!

Vivendo numa cidade privilegiada pela presença da Serra da Arrábida, e onde o rio Sado se junta ao oceano Atlântico, não é de admirar que me sinta próxima da Natureza, independentemente de se falar de campo ou praia. De admirar é dizer que durante anos me fartei das praias arrabidinas –  o stress indirecto (não sou eu que levo o pópó!) de procurar estacionamento para depois passar um par de horas num areal a abarrotar de gente ruidosa deixara de me fazer sentido!…

Até descobrir um pequeno paraíso que me permitiu apaixonar-me novamente pelos encantos da serra que abraça o rio. Nesse recanto, existente quando a maré baixa, não faltam até formações rochosas para explorar, sobre as quais gosto de imaginar as coisas mais mirabolantes…

Redescobri também o prazer de catar pedrinhas. Pedrinhas que já foram parte da serra e trazidas para o mar e novamente para terra, num percurso que lhes deu cores, padrões e formatos únicos.

Trouxe algumas para casa e deixei-me levar pela sua magia. Este foi um dos resultados:

Pendente de pedra da Arrábida e anel em crochet

A pedra mantém-se tal como foi encontrada. O ‘engaste’ e o anel foram feitos em crochet.

O resto é segredo, tal como a localização da minha praia…

1 Comentário (+add yours?)

  1. céu romeiro
    Out 12, 2012 @ 09:54:55

    tão lindos :O)) o toque de crochet é magnifico ….Boa Susaninha :O)) dia catita bjinhos céu

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: